Manuseio de Espelhos

Recebimento

Examine os espelhos no momento da recepção. Caso haja alguma suspeita de umidade em seu interior, separe as chapas para que sequem o mais rápido possível.

Atenção: espelhos embalados em caixas e transportados por via marítima ou cuja carga tiver sido sujeita a grandes diferenças de temperatura devem ser desembalados o quanto antes para que qualquer umidade que tenha surgido entre as chapas evapore.

Utilização de EPI's

Todo e qualquer processo que envolva o manuseio ou o beneficiamento de espelhos devem ser feitos com a utilização de EPI's.

Manuseio

Ao manusear o produto, priorize técnicas que evitem a ocorrência de danos nas superfícies e bordas do espelho, como riscos ou trincas.

Use sempre luvas limpas para manusear o espelho.

Armazenagem

O ambiente de armazenagem deve estar isento de poeira, umidade, raios solares diretos, produtos químicos e produtos comuns de obra, tais como cimento, cal, gesso e cola.

As estruturas apropriadas para a armazenagem e transporte de espelhos, são carrinhos, cavaletes ou paliteiros desde que inclinados entre 4º e 6º graus em relação ao plano vertical e apoiados sobre piso ou superfície regular. Estas estruturas devem estar limpas, dimensionadas para o tamanho das peças e revestidas em sua área de contato com materiais macios (borracha ou feltro), sem a presença de pregos, parafusos, fragmentos de vidro ou materiais que possam danificar as arestas e superfícies do espelho.

As peças de espelho devem ser intercaladas e, para isso, recomenda-se o uso de intercalantes macios e que não absorvam umidade e que não agridam o espelho, tais como espuma de borracha, fitilho plástico ou papel de seda.

Não devem ser usados intercalantes próprios para o vidro e nem jornais.

Nunca armazenar peças deitadas ou em contato direto com o chão.

Peças finalizadas e peças apenas cortadas não devem ser armazenadas conjuntamente, pois os fragmentos oriundos do corte podem contaminar as peças já prontas.

Transporte

Sempre transportar as peças ou chapas em pé e cobertas com lona, evitando assim a ação da umidade e o choque de partículas de alta dureza com o espelho.

Os cavaletes devem ser apropriados e possuir calços de borracha, estar bem fixos à carroceria do veículo, que por sua vez, deve estar em bom estado de limpeza e conservação, sem pregos e outros materiais pontiagudos ou sem furos que permitam a passagem de detritos.

As peças de espelho devem, assim como no armazenamento, serem transportadas intercaladas.

Substrato

Verifique se o substrato está plano para não gerar deformações que proporcionam distorção óptica ao espelho.

Não instale espelhos em paredes úmidas ou aquecidas, sem prévio tratamento da mesma.

Se o substrato for de alvenaria, recomenda-se, no mínimo, duas semanas de cura deste material antes da instalação de espelhos.

Não é permitida a utilização de materiais que absorvam umidade, como madeira, cortiça, flanela, tapete, jornal, mantas de polietileno e outros.


NOTA: Caso exista a necessidade de utilizar madeira como substrato, recomenda-se a utilização de MDF ou similar, desde que não absorva umidade.

Filetagem

Recomenda-se a utilização de máquinas automatizadas apropriadas para esse trabalho, para que o mesmo não seja feito manualmente.

Ao usar lixadeira de fita ou rotativa, não atuar no sentido em que possa haver remoção da pintura. O sentido correto de aplicação da rotação deve ser favorável à pressão da camada de tinta e a um ângulo de inclinação de 45 graus.

Inicie o processo com lixas de grana 120 e finalize com lixas de grana 320.

Verifique a temperatura no processo, esta não deve ser superior a 150ºC.

Clique aqui e veja como fazer a instalação do espelho.

Linde Vidros


Contato

Avenida Luiz Carlos Pereira Tourinho, 4197
Tijuco Preto
Rio Negro - PR • CEP 83880-000

47 3641 4444

linde@lindevidros.com.br

Siga a Linde


Distribuidora Autorizada

Vidros Habitat



Aceitamos os Cartões

Cartões

Website desenvolvido por Bruno Berlanda